quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Não é banal

...Mas faz parecer ser...
E se eu te disser... se eu te disser...
Que as semanas já não contam
e os dias passam como em um jogo de bilhar,
jogatina* das antigas deveria inovar.
Qual a sugestão para seguir em uma vida, criada de ganhos ilusórios e verdades fantasiosas.
Ganhos, perdas, trapaças, qual o sentido desses momentos?!

Os papeis jogados sobre a mesa, tudo posicionado, como se fossem levar algo disso tudo.
Se pudesse encontrar com tudo isso, do lado de fora..
O que diria para mim?!

As expectativas, a esperança mergulhada no copo ao lado.

A conformidade em tudo... Não quero andar conforme o jogo, tão pouco ser seu jogo.
Não quero acabar como a esperança no copo ao lado;

Você verá para sempre a dimensão de dentro do copo e eu a de fora!
Por que não faço parte das conquistas dos teus desperdícios;
Quando conseguir quebrar o copo, talvez possa me encontrar.


quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Além

Jeito formidável que te faz ver,
onde cada um possuí seu lugar;

A vida não te leva a qualquer lugar,
cada um leva a sua vida a algum lugar.
Só faz sentido quando descobre, aprende a ler as entre linhas
As entre linhas de cada tempo, de cada historia...
Pare de sonhar e transforme a sua vida em sonho
Os notórios aprendizes, do que as vezes parece não ter sentido.
Mas alguns te fazer viajar, para um lugar desconhecido dentro dele
sente a verdade, a atitude que consome tudo que parecia inútil.
Isso não é nada? É muito mais do que parece ser...
As palavras se perdem,
para aqueles que não sabem fazer com que a essência chegue até você.
Diferentes daqueles que parecem ser tudo e no final são nada...
nada que agrade!
Feito por uma simplicidade, suporte da perfeição.
Vai ao encontro do que procura,
porque não sou o que busca tão pouco tu é o que busco;
Pode não dizer quem sou, mas faz parte de mim.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Por que?

Por que somos quem somos?

"Desde que eu nasci estou num conflito. Aflito pra saber porque com tanta gente. Que eu podia ser eu nasci eu. Eu nasci eu."

Essa musica fala por mim; estamos presos dentro desse ser que nos permite fazer coisas, mas ainda assim nossos pensamentos vão longe, podem estar em qualquer lugar sem precisar estar presente em corpo, nossa mente é uma viajem, estamos presos a um corpo, que um dia irá virar pó" e é estranho imagina deixar de existir ao menos fisicamente, ñ sei se alguém consegue mas nao consigo imaginar isso, deixar de ser, de existir?! Sou tão viva dentro de mim, q o fato de meu corpo um dia ñ suportar mais o tempo" me deixa em extremo desconforto, queria ser eterno em corpo e alma, se consideras q tem uma, acredito sim, creio que essa massa seja apenas nosso "casco"...
Como posso ser eu, se poderia ser qlquer outra pessoa?! Tá sou eu devido ao processo que me formou, o DNA definiu, foi responsavel pelas caracteristicas hereditarias, todas essas celulas que deram forma, mas pq, pq sou eu aqui c/ esse corpo, só pq sou filha de quem sou, mas poderia ser filha de seus pais e vc dos meus?!
Por que apenas saber que existe e que podes comandar tudo o que faz, às vezes ñ é o suficiente?!
Posso parecer louca, mas depois de ouvir essa musica>> Eus - In Natura<<, me dei conta de que ñ sou a única a fazer essas indagações.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Longe de ser real

Os momentos singelos,
vão se apagando ao cair da noite
Deixando aquele ar aguçado,
o doce veneno esconde a delicadeza de cada expressão.
Atraídos por um magnetismo, afanados pelo destino...
De que adianta profanar, em prol desse desconhecido até então
Se contra os senhores sentimentos,
coisinhas estranhas com a qual nos defrontamos;
Que ilude, transporta para um mundo longínquo...
Uma vez estando lá, difícil sair dele, a passagem parece só de ida.
Deixo assim subentendido... Sutil devaneio, se foi.
Agora melancolia, antes utopia...
a qual pensei finalmente ter encontrado.
Tão desmedida fui, por hora fugi da realidade.
Bom enquanto estava nessa utopia dos realistas,
mais tarde conheci a realidade dos sonhadores e
vou deixando assim subentendido.

Esta postagem tbm se encontra no blog: http://srtajhennyxsrluz.blogspot.com/
Visitem espero q gostem!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Desabafo, lamento mesmo

Sempre acreditei fielmente que poderia mudar muitas coisas, ou pelo menos que poderia influenciar para que tal acontecesse, mas a realidade é outra, quando se depara com algo tão implícito, é porque é... e ponto, quase não se tem explicação, procuro a explicação o por que para chegar a uma solução, mas desta vez não há solução, é tudo tão lógico e óbvio, que chega ser uma atitude insana.
Os sentidos estão perdidos neste momento, basta esperar que o tempo recupere os esforços desperdiçados, as atitudes tomadas já não podem ser amenizadas, a solução para remediar a decepção é abandonar o que pensei nesse meio tempo e dizer um não a todo esse cinismo; quando não se enxerga o que está se arrastando em sua frente, praticamente lhe dizendo olhe para mim, e observe o quanto inocente foi.
Pensamentos infatigáveis, que tendem apenas a piorar, essa é a sensação de quando não se pode fazer nada perante um fato, não pode ser desfeito, intocável, olha-se como se fosse um sonho seu distante vivido por outra pessoa e se descobre que não se pode ter aquilo em que acreditou que algum dia chegaria, como algo tão singelo e puro, já não existe nem mesmo em sonho, tão pouco em realidade...a expectativa se foi, a esperança da existência de algo incomum se perdeu no tempo. Posso contribuir para a mudança de muita coisa sim, mas não posso mudar o que os outros sentem.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Difícil manter-se seguro

Talvez essa nossa dádiva chamada de vida, seja mesmo assim, abre-se mão de certas coisas, para construir algo melhor. Tão ávidos ao que está por vir, sendo que o futuro é algo tão incerto, o seu amanhã pode estar ligado, de certo modo, ao de outro e assim, aquilo que foi construído com tanto suor, pode ser destruído pela interferência do mesmo. Quais seriam as chances de tudo ser perfeito, o quanto teria de deixar de lado, para que pudesse investir e tornar algo inabalável, algumas pessoas fazem isso, deixam de lado sua vontade, para ceder as de outrem e manter a visão de algo perfeito.
Pior que submeter-se a vontade alheia é deixar de lutar pelo que se quer, por sua razão, apenas por que sabe que ela está certa, mas logo vemos que mesmo a razão não sabe de tudo, nem mesmo conhece tudo, o ser humano é em alguns as aspectos limitado sim, até que se prove o contrario, bom mesmo seria fazer uma média entre razão e emoção ou quem sabe fundi-las, fazer uma mistura homogênea...que beleza em...(rs)
Quanto ainda se tem que abrir mão, para ser diferente, qual é o preço...quando a escolha é feita, não se sabe quais podem ser os supostos prejuízos, "toda ação tem uma reação" não é mesmo, assim como as escolhas fazem parte dela,
espero ter feito a melhor escolha.

domingo, 12 de julho de 2009

O nó do afeto

"Em uma reunião de pais, numa escola, a diretora ressaltava o apoio que os pais devem dar aos filhos, recomendando que se fizessem presentes o máximo de tempo possível. Ela entendia que. embora a maioria dos pais e mães daquela comunidade trabalhasse fora, deveriam achar um tempinho para se dedicar às crianças.
Ela ficou surpresa quando um pai se levantou e explicou que e
le não tinha tempo de falar com o filho, nem de vê-lo, durante a semana, porque quando saía cedo para trabalhar, o filho ainda dormia. Ao voltar, já era tarde e o garoto não estava mais acordado. Explicou que trabalhava assim para prover o sustento da família, mas que isso o deixava preocupado, por não ter tempo para seu filho. E que todas as noites o beijava, ao chegar em casa, e fazia um nó na ponta do lençol. quando o filho acordava e via o nó, sabia que seu pai tinha estado ali e o havia beijado. O nó era o meio de comunicação entre eles.
A direto
ra emocionou-se com aquela história e ficou sabendo que o menino era um dos bons alunos da escola.
Aquele pai havia encontrado a sua maneira de se comunicar com o filho, simples e calorosa. O filho percebia, através do nó afetivo, o que o pai estava lhe dizendo.

Muitas vezes, simples gestos como um beijo e um nó na ponta do lençol velem muito mais do que palavras vazias. É por essa razão que um b
eijo revestido de afeto cura uma dor de cabeça, um arranhão no joelho, o medo do escuro. As crianças podem não entender o significado de muitas palavras, mas sabem registrar um gesto de amor."

>>ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL - Ruth Mylius Rocha (SENAC)<<

Ocasionalmente me deparei com este texto enqto estudava, espero que tenham gostado...



Que estes exemplos não sirvam apenas como um meio de repreender os pais, mas como uma reflexão de como seremos como futuros pais, quem sabe...

domingo, 14 de junho de 2009


♥ ♥ ♥ Saudade da mãe ( Pe. Fábio de Melo)

"...
Saudade de mãe é coisa sem jeito, chega quando menos
imaginamos: um cheiro, uma melodia, uma palavra... uma
imagem, e eis que o cordão do tempo,
nos convida ao retorno da infância.

Como se um fio nos costurasse de novo ao colo da mulher
que primeiro nos segurou na vida e agora nos pudesse regenerar.
Saudade de mãe é ponte que nos favorece um retorno a nós mesmos;
travessia que borda uma identidade muitas vezes esquecida,
perdida na pressa que nos leva.

Saudade de mãe é devolução, é ato que restitui o que se parte;
é luz que sinaliza o local do porto,
é voz no ouvido a nos acalmar nas madrugadas de desespero e solidão,
através de uma frase simples: Dorme meu filho! Dorme!

Hoje, nesse dia em que a vida me fez criança de novo,
neste instante em que esta cena feliz tomou conta de mim,
uma única palavra eu quero dizer:
Oh minha mãe, que saudade eu sinto de você!" ♥ ♥ ♥

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Sou quem sou e muitas vezes não sou o melhor que poderia ser para cada pessoa...
E deixo a desejar até mesmo para mim.

O problema em tentar ser coerente com as pessoas...
É que podem achar que você não é verdadeiro.

Aquelas coisas que só a gente entende são o melhor resgate de nossa essência...
Do que aquelas das quais todos sabem o significado...
As pessoas não seriam interessantes se não houvesse o desconhecido nelas mesmas.



quinta-feira, 11 de junho de 2009

Quanto "custa" saber quem é


Em meio a seu paradigma sua índole se esvai, deixando-o de ser quem realmente é
O medo se sobrepõe em seus sonhos memoráveis
Ou seria esta sua essência que se deixa enganar por tantos contratempos.
Indigna seria ao dizer que não o vejo se não mais do que um simples ser
Deixa de ser hostil, tornando - se simplesmente aquele que inspira singelos planos
Em simultâneos pensamentos onde as palavras atropelam o que sente
De onde retira inspiração que serve assim para outros também inspirar
Deslumbra pelo toque das palavras aos olhos, que deixam qualquer um anestesiado.
Qual é o segredo que o faz assim, em perfeita sincronia com as palavras

Não há resistência alguma, render - se a tal dom é o melhor que faço
Só não deixes sanar nelas a sua essência que se ressalta.
Ao que serias apenas minha doce inspiração sem sentido
Acompanho alegremente a cada dia.
Espero não deixar de ser o que tem feito parte de minha motivação
E que essas frases venham ao meu encontro como um abraço
Queria fazer parte dos poemas inacabados que ainda estão por vir.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Medos eloquentes

Em algum momento da vida todos já sentiram essa sensação, seja pelo que for, não se deixe prender nesse espaço, procurando atenuar, não adianta a sensação logo passa, tentar encontrar soluções para amenizar pouco servirão se não mais para sentir-se um pouco mais confortável.
Inocentes, incoerentes, inconstantes, ocultos ou não...MEDOS...a mente humana é tão misteriosa, o consciente nos revela, o subconsciente oculta; mas e o medo...nossa mente capta coisas/situações e as armazena, sendo que podendo assim nos deparar com tal situação que não nos agrada e que é projetada (quase um dejavu, como se fosse, mas consciente de ter ou não acontecido com a mesma, por outra pessoa ou pelo que for... rs) passando a assim sentirmos o tal medo?!
A insegurança é como uma parcela de medo, do contrario o que seria?. Que lhe impede de realizar seus objetivos e sonhos isso ninguém dúvida, o ser humano é fraco suscetivel...a opção seria, seguir com confiança, o colocando para escanteio, não dizem que atraímos o que pensamos, então. Nada melhor do que focar - se em seus objetivos e trabalhar por eles, fazer por merecer, sem que seja "vitima" de si mesmo.
Estive pensando em qual seria o meu maior medo, que poderia me levar ao fundo do poço literalmente (nossa que medo estou aqui contando minhas fraquezas, isso pode ser usado contra mim ahaha), bem não seria nada mais do que minha própria mente(as ilusões...), cometer um engano do tipo poderia ser muito ruim mesmo, às vezes penso nessas coisas...bom se para nós que somos "perfeitos", não temos nenhum tipo de deficiência/doença mental, lidar com determinadas situações e medos, já é algo dificultoso, imagina a confusão que se encontram os esquizofrenicos por exemplo; nossa para eles deve ser terrível ter de pensar e repensar, seguir o tratamento a risca...e como se não bastasse saber discernir entre o que é real e o que é ilusório, a família, os amigos, são essênciais em sua recuperação, o afeto conta muito e para ajudá-los, também orientar para que percebam que de fato o real podem sentir, tocar, por isso a interação social é tão importante.
Por esse motivo, cuide bem de sua mente, do que diz as pessoas, se suas ações realmente são coerentes para com a outra pessoa e se ela entendeu mesmo a mensagem que quis passar...vendo por esse lado somos seres tão delicados, basta pequenas coisas para muitas vezes te deixar com remorso e ai vem a insegurança, o medo que se repita.

"Às vezes uma frase ou simplesmente uma palavra pode mudar o rumo de muita coisa... para melhor ou para pior."

quinta-feira, 28 de maio de 2009
















Good Charlotte - We Believe

Há uma mulher chorando hoje à noite
Seu mundo mudou
Ela pergunta a Deus por quê
Seu único filho morreu
E agora sua filha chora
Ela não consegue dormir à noite

No centro da cidade
Outro dia para todos os ternos e gravatas
Outra guerra para lutar
Não há uma estima para a vida
Como eles dormem a noite?
Como nós podemos fazer coisas certas?
Quero apenas fazer isto certo

Nós acreditamos
Nós acreditamos
Nós acreditamos
Nós acreditamos
Nós acreditamos
Nós acreditamos
Neste amor

Nós somos todos os mesmos
Humanos em todo nosso jeito e toda a dor
(Então deixe estar)
Há um amor que poderia cair como chuva
(Deixe-nos ver)
Deixe a bondade lavar a dor
(O que nós precisamos)
E ninguém sabe realmente o que elas estão procurando
(Nós acreditamos)
Este mundo está chorando por muito mais
...
Então esse mundo
É muito
Para você carregar
Apenas coloque isto no chão e me siga
Vou ser tudo que você precisar
De todas as formas
...

domingo, 24 de maio de 2009

Mórbida ideia

É mais comodo...
Fazer de conta que nada é perceptível...
Ao invés de jogar tudo fora...
E não descobrir absolutamente nada...
Até que ponto "desperdiça" seu tempo....

Testando...

Quando vai parar de ser os outros e ser apenas VoCê?
Deixar de lado o medo do novo e incomum...
Passar a viver e aproveitar os momentos bons...
Pessoas simples que nos deixam anestesiados
com a melhor das companhias...

Continue...testando...

E vejo onde vai chegar com isso...
Está perdendo a cada segundo com sua brincadeira...
Fortaleço-me conhecendo cada vez mais os seus limites...
Quem quis jogar foi você...
Apenas reconheço...não disputo...alimento minha razão.

Continue...

Daqui um tempo perceberá...o quão estúpido e egocêntrico é...
E como tudo que é bom dura pouco...
Sua sensação de satisfação vai acabar...
E quando reconhecer seus erros...não terá perdão...
Pois fez desmoronar tudo de atraente que havia em você...
Por causa de sua total insegurança.

A ousadia é sua...vamos lá...continue...

domingo, 17 de maio de 2009

Horizonte de Cinza


Estou farta de tanta DISSIMULAÇÃO inadequada...
FARTA...dos sorrisos tortos, das palavras sem escrúpulos.
Dos vestígios tens deixado essas mentiras, muito mais que pelo caminho...
Dentre o que sinto e o que penso;
é repugnante como consegue ser assim tão frio, ao que vejo em dois horizontes" distintos...
Qual é a sua verdade? O que pensa que está fazendo?
Quando acordar de suas próprias mentiras verá o quanto perdeu,
ousou sim, mas fez perder o que conquistou...
Até onde seus pensamentos infundados serão capaz de chegar, com fundamentos ou não, os utiliza como um imbecil...
Quem sabe não seja capaz de compreender uma mente tão brilhante... (ironia?) Interprete como achar melhor...
Só quero paz, deixe-me ser como sempre fui... sem ter que me preocupar em ser observada, testada...
Passei a detestar um destes horizontes...
Onde um deles é puro, daqueles que faz sentir a segurança do caminhar, o conforto, a afeição, quero sempre este como amigo apenas...
Já o tal que desdenho é escuro, não posso ver onde piso, com quem estou e onde vou parar...
Diante deste sinto-me como o "pior" dos seres...meus princípios ao quais tanto valorizo parecem ser ignorados, literalmente jogados fora.
Esses "horizontes" poderiam ser unificados", assim teria tudo que desejo, tudo que me atrai...desde que fosse sincero como nunca foi!

Me encontro em um estado onde 30% são decepção e 20% ilusão, quanto aos outros 50 ainda estou tentando acreditar e descobrir algo diferente.

"Que mundo é esse que ninguém entende um sonho?
Que mundo é esse que ninguém sabe mais amar?"
(Longe de você - Charlie Brown Jr.)


domingo, 10 de maio de 2009

Ilusão, pretexto...


Como de costume adoro encontrar definições para tudo(rs); um dos meus alvos dessa vez foi o amor...ele existe mesmo, será?
Realmente não sei...dos vários tipos de amor citados pelas pessoas... Amor(família) bom este nada mais e do que um conjunto de sentimentos(afeto, carinho...)denoninados amor; quanto ao amor (homem e mulher) esse é complicado(rs) acredito que nada mais é do que um pronome criado apenas para maquiar/camuflar o que realmente seria, no caso os desejos mórbidos do ser humano, sem parecer grotesco. Dentre tantas dúvidas...tanta confusão mental...se confirmada...melhor parar por aqui...os pensamentos vão longe dentro dessas poucas palavras...os complementos são distintos e para quem tem lá seus conceitos pode parecer estupidez. Pode criticar, falar o que quiser, só não diga que isso nunca passou por sua cabeça...

domingo, 3 de maio de 2009

..Não enche...

Detesto o fato de um certo ser querer apontar minhas fraquezas, se nem ao menos me conhece... não o suficiente para querer dizer como sou...jamais se conhece uma pessoa por completo...são perigosas, podem nos surpreender ou nos decepcionar. Por isso não queira conhecer uma pessoa por completo, dizer que sabe tudo, que a conhece bem, isso é impossível; levamos uma vida para conhecer a nós mesmos, nos deparamos com novos eus" a todo tempo... Detestooooo...não, não tente me convencer do contrário, passaria a desconfiar de você, mais do que talvez já desconfie.
Pior do que qualquer outra coisa..nunca me defina..nuuuncaaa..absolutamente. Podemos sim querer deduzir... e conhecer alguém melhor...lógico é próprio de todo ser humano; estamos em mudanças constantes, não queira apontar o que pode vir a não existir ou mudar em alguns instantes.

sábado, 2 de maio de 2009

Se acordar...
Realidade de pessoas que talvez não tiveram uma chance...
Realidade de pessoas que sonham como você...
Pessoas que ao dormirem sonham acordar com uma nova chance...
Com uma Nova Realidade...
Todos podem fazer algo...
Talvez não seja o esperado...
Mas para essas pessoas possa ser o melhor reconhecimento que já receberam...
É fácil reclamar...dizer que nada em sua vida dá certo...
Quando não enxerga que tem todas as chances para ser feliz e não as aproveita...
Não reclame pelo que não tem agradeça pelo que lhe é concedido...
Sonhe com o extraordinário...acredite...e ajude ao próximo.
Faça a sua parte, haja como um ser humano...
Seja como for contribua para uma melhoria...

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Contraposição


Não imaginava como é chato, não ter com quem discordar, as contradições fazem parte de meu ser, alguns dias sem ter com quem discutir me deixaram em pleno estado de agrura...ahaha
E
stranho mas quando há essas contraposições, deparo-me com uma sensação que não sei se deveria ser mas é boa; a principio não gostava que me contradissessem, vejo que mudei de conceito, gosto e como gosto, é muito comodo não ter que revidar; adoro o rumo de como o assunto vai se alastrando em pensamentos, "traduzidos" por nossas belas palavras, a dimensão vai ficando cada vez mais extensa, a sensação de que há sempre mais a ser dito e que fala-se muito, mas não tudo...de tantas as formas de se direcionar, procurar sempre algo além das palavras, a melhor delas é deixar oculto o real propósito do que foi dito.
Tudo torna-se tão propenso neste mundinho de letras...o mais interessante é como conseguimos deduzir coisas, quer seja sobre o comportamento, personalidade, através de uma simples conversa ainda mais recheada pela tal contradição, essas táticas são show, pode-se descobrir muito sobre alguém sem precisar sair do lugar, ela própria diz quem é, sem nem mesmo se dar conta disso, basta prestar atenção, treinar sua percepção a esse propósito.

Não preciso saber como foi sua vida, se conheço seu carater, ainda mais quando foram suas próprias
palavras que me descreveram ele. Obs.: Acabo fugindo do assunto, ligando um assunto a outro, mas a ideia é essa.

domingo, 12 de abril de 2009


Crônica do amor

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.

Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.

Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no ódio vocês combinam. Então?

Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara?

Não pergunte pra mim você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.

É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.

Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.

Não funciona assim.

Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.

Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.

Apaixonantes obras de >>(Arnaldo Jabor)


quinta-feira, 9 de abril de 2009

Reavalie seus hábitos


O que irão ler aqui, é um pouco do que pude perceber através dos meus estágios de enfermagem, citando alguns exemplos, vão notar como é útil uma vida equilibrada.

Em primeiro plano pode-se entender que a doença (manifesta e aparente), como um conjunto de elos casuais, predisponentes e desencadeantes, que se superpôem e se interligam sequencialmente, até que os sintomas apareçam. Quanta coisa deve acontecer antes de um infarto do miocárdio? Exemplo próprio para tal, em primeiro lugar, vem a predisposição hereditária, um fator previsível às vezes, porém não diagnosticável. Em seguida vêm os hábitos alimentares, como a ingestão excessiva de gordura saturada, a dieta pobre de fibras, o consumo de sal em excesso e de estimulantes como o café, o uso regular de álcool e principalmente a ingestão calórica excessiva. A esses fatores adiciona-se o tabagismo, o sedentarismo, as preocupações do trabalho e do ritmo da vida de hoje. O peso corporal vai progressivamente aumentando e a resistência física vai diminuindo, sem que o indivíduo, até este momento, apresente qualquer queixa ou sintoma especifico. Seus exames de rotina podem estar perfeitamente dentro dos intervalos da "normalidade" e mesmo a sua pressão arterial e sua frequência cardíaca ainda são considerados "normais".
É evidente que essa pessoa se julgue e também seja considerada sadia, mesmo por seus médicos. E quando repentinamente, a pessoa vem a ficardoente (como normalmente se interpreta) sente uma dor no peito (angina) ou uma forte cefaléia, acompanhada com aumento brusco de pressão arterial (crise hipertensiva), que podem evoluir para um infarto do miocárdio, ou para quem sabe, um derrame cerebral.
Na realidade este agora paciente, já estava doente havia muitos anos, ninguém sabia nem mesmo ele. Contudo, a cura não seria apenas a medicação em si, sim ela pode manter os índices do paciente sob controle por algum tempo, sem que isso o cure ou mesmo melhore sua qualidade de vida.
A cura deve atuar nos fatores casuais e permitir que o organismo, por si só, se restabeleça. Curar significa, em muitos casos, adotar mudanças drásticas nos hábitos e na forma de encarar a própria vida, mas significa também, comprovada e refutavelmente, reduzir as placas de ateroma, baixar a pressão arterial, diminuir a frequência cardíaca, melhorar a irrigação do músculo cardíaco, reduzir os níveis de glicose e de colesterol e diminuir o peso corporal, enfim, levar o organismo de volta ao tempo em que era sadio. Embora seja para muitos um processo árduo.

Então, coloquei como exemplo o infarto do miocárdio, pois foi o que notei ter mais "volume" no hospital, minha gente os índices são bem alarmantes, não custa mudar um pouco seus hábitos para garantir um futuro saudável. Pense bem antes de comer aquela costela recheada de gordura, pense para onde irá tudo isso, deixar de lado a parte gordurosa, já é grande coisa; se realmente ama sua vida, cuide bem dela. Se até os jovens estão propícios a ter um infarto, imaginem quem se descuida a anos; pare por aqui e reorganize-se, permita-se viver mas viver bem, saudável e feliz.
Ao menos uma boa tec. em enfermagem irei ser e farei todo o possível para fazer a diferença, depois de tudo que presenciei, aproposito quem se interessa pela Enfermagem, ou por qualquer outra especificação dentro da área de saúde, siga em frente, é uma ótima escolha, a qual vai aprender muito e com toda a certeza irá valorizar muita coisa que talvez não tivesse tanta importância antes desta experiência.


Que realidade é essa...

Vossa Excelência

Titãs

Composição: P. Miklos, T. Bellotto, C.Gavin

Estão nas mangas
Dos Senhores Ministros
Nas capas
Dos Senhores Magistrados
Nas golas
Dos Senhores Deputados
Nos fundilhos
Dos Senhores Vereadores
Nas perucas
Dos Senhores Senadores...

Senhores! Senhores! Senhores!
Minha Senhora!
Senhores! Senhores!
Filha da Puta! Bandido!
Corrupto! Ladrão! Senhores!
Filha da Puta! Bandido!
Senhores! Corrupto! Ladrão!...

Sorrindo para a câmera
Sem saber que estamos vendo
Chorando que dá pena
Quando sabem que estão em cena
Sorrindo para as câmeras
Sem saber que são filmados
Um dia o sol ainda vai nascer
Quadrado!...

Estão nas mangas
Dos Senhores Ministros
Nas capas
Dos Senhores Magistrados
Nas golas
Dos Senhores Deputados
Nos fundilhos
Dos Senhores Vereadores
Nas perucas
Dos Senhores Senadores...

Senhores! Senhores! Senhores!
Minha Senhora!
Bandido! Corrupto
Senhores! Senhores!
Filha da Puta! Bandido!
Corrupto! Ladrão! Senhores!
Filha da Puta! Bandido!
Corrupto! Ladrão!...

-"Isso não prova nada
Sob pressão da opinião pública
É que não haveremos
De tomar nenhuma decisão
Vamos esperar que tudo caia
No esquecimento
Aí então!
Faça-se a justiça!"

Sorrindo para a câmera
Sem saber que estamos vendo
Chorando que dá pena
Quando sabem que estão em cena
Sorrindo para as câmeras
Sem saber que são filmados
Um dia o sol ainda vai nascer
Quadrado!...

-"Estamos preparando
Vossas acomodações
Excelência!"

..."

Musica perfeita, letra excelente é o grito do povo, as palavras de três pessoas, que falam por todos; pelo que parece essa musica causou muita polemica, deixando "alguns" incomodados, mas é essa a forma de expressão que entendem, somente assim são capazes de ver como muita gente ainda sofre fome, sede, não tem moradia fixa, afadigam trabalhando com suas próprias mãos, sem reconhecimento algum, tratados como lixos do mundo, me desculpem as palavras, mas é isso mesmo...

Enquanto isso, os que deveriam ser os maiores interessados, desfrutam de suas belas mansões e viagens, "expandindo seus milhões" e sem prestar contas, claro como irão justificar seus gastos exorbitantes? Não há como justificar o que não se tem provas. Onde esse país irá parar?; não só este, como acredito que a corrupção, seja um problema mundial. Cadê a honestidade que tanto valorizam nas propagandas eleitorais...pura farça.

Condições de melhorar a qualidade de vida da população há sim, desde que se tenham pessoas realmente dispostas a cumprir com seu dever, com honestidade, sem querer encher o bolso com um dinheiro que pertence a todos...Quando e as "excelências" irão parar de se preocupar com o aumento de seus salários e vir a se preocupar com o povo? Quem sabe quando esquecerem um pouco de si, a qualidade de vida das pessoas melhore e se possa fazer muito por aqueles que precisam de verdade.

Faça sua motivação


Outro dia em uma dessas conversas quais quer, uma pessoa relatou que até seus 17 anos queria morrer, não importando como, mas queria...o motivo não saber qual o sentido da vida; será isso mesmo nascer, viver e morrer?. Bem, hoje com 26 anos, ela ainda diz não ter encontrado um motivo para estar viva, claro agora sem tanta vontade de morrer; achei estranho se tratando de uma enfermeira...
Mães que se dizem viver apenas para sua família, "credo" a vida é muito mais que isso, não que esteja menosprezando, a família tem uma importância muito significativa na vida de qualquer pessoa, posso dizer que quando bem estruturada me refiro emocionalmente, tem um valor inestimável, inigualável.
Não gosto dos termos por que você existe, mas sim para que, para que tu quer viver, já que não escolhemos nascer, temos ao menos de aproveitar da melhor forma possível, já que fazemos parte deste mundo, no mínimo garantir que essa nossa vida, seja digna de orgulho pelo que fazemos, pensamos e sentimos.
Se não encontras um motivo para viver, então imagine como a morte é incerta; mais do que contar ou esperar as horas passarem, busque o que você quer, a determinação pode nos levar muito além do que se imagina e caso ainda não tenha certeza do que quer, arriscar às vezes é preciso. O tempo não vai esperar sua decisão, ou tu arrisca quando não tem nada, ou ele vai passando e quando se der conta, já está tarde, e não se pode voltar atrás.
"Viver é uma das coisas mais difíceis do mundo, a maioria das pessoas limita-se a existir!"
Como diz uma coléga do blog visinho: "Quero mais da vida do que apenas viver".

domingo, 5 de abril de 2009


"Por isso é tão importante deixar certas coisas irem embora. Soltar. Desprender-se. As pessoas precisam entender que ninguém está jogando com cartas marcadas, às vezes ganhamos e as vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que decubram seu gênio, que entendam seu amor. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por capacidade ou por soberba, mas porque simplismente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é."

(Paulo Coelho - O Zahir)

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Dissimulação Inadequada


Até onde é capaz de chagar a hipocrisia?
Não compreendo como algumas pessoas podem ser tão dissimuladas, sórdidas até com seus interesses emocionais; também não compreendo como podem se considerar felizes sendo assim. Acreditam mesmo que seus atos sorrateiros passam despercebidos, pobres imbecis se pensam assim, há pessoas mais espertas e com uma percepção sutil; esperto é aquele que percebe e nada diz, fica atento para não cair em armadilhas e por fim, sai com sua índole integra, sem precisar ser insolente e o melhor sem o tão falado "peso na consciência"; não aquele que se de nomeia "esperto", pode até dizer mas quando realmente o é, e não apenas para contar vantagem e querer garantir-se com tal requisito que não possui. Seja esperto mostrando que pode se sair bem em tudo, desde que não
seja sórdido em seu "jogo"...
Abominável hipocrisia, enfim, encontrei algo que posso dizer que odeio, detestáveis, rediculos é o que são; haja paciência e desenvoltura para lidar com esses seres. "País das Maravilhas" (ahaha) país dos hipócritas, isso sim, não só este como boa parte das pessoas desse mundo, pois o mundo e os bens naturais, que nele envolve é vítima desses e de outros problemas sociais.
Umas das minhas frases preferidas: Mostre-me apenas um motivo, para acreditar em meia palavra pronunciada.